setembro 12, 2011

Doce garota amarga

O que eu provei como mel,
Na verdade era morfina
Escondida nos teus lábios
doce de menina

Pedi ajuda à este vinho
Pra afogar meu desespero
Não sinta pena meu bem
É só o nojo disso aqui no meu espelho




Nenhum comentário:

Postar um comentário