janeiro 12, 2012

Decadence

Eu vi
A decadência do amor
N'uma em uma frase que me cativou

Fausto ao selar o pacto
Ponto máximo do seu pecado
Assim se entregou:

“Aguarde! Tu es tão lindo! Espera! Não te vás!
Podes agora, sim, manter-me na prisão
Mergulho com prazer em toda perdição”

Amor não é uma mão que te afaga
É vender sua própria alma. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário