abril 09, 2012

A última pétala

Essa chuva não vai passar
Os raios solares deste céu
É sempre raro
É temporário

Não temas jamais
Nem todas são idiotas como eu
Nem todos são idiotas como ele
Você verá

Deixe e verá
O que eu não quero ver
O que eu não consigo ver
Eu só causei mal a você

Eu quero vê-la ficar
Eu não quero te abandonar
Mas não vou te prender
Eu só causei mal à você

Não se contamine com este muro
Quebre essas correntes
Sorria e siga em frente
Chorar também faz parte da gente

Olhe bem para esta pedra
Não queira ser como ela
Deixa cair essa ultima pétala
Para novas flores aparecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário