junho 20, 2012

Erga-te


Eu vi teu sono
Teu riso lindo e límpido a sonhar
Quem está aí?
O que se passa em ti?

Ah!, Freud será que eu consigo fazer falar?
Será que eu consigo identificar?
Eu vi teu corpo tremer
Eu fiz seu corpo gemer

Oh!, quando isso vai passar?
Eu quero sentir o gozo do mundo que vive em teu olhar
Eu quero ver teus olhos explodir de não poder falar
Eu quero de fazer sentir, e sentir o mundo acabar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário