julho 30, 2016

eu o amo
não que eu saiba bem o que é o amor
e por não saber o que dizer
digo que amo você

eu não consigo te entender
talvez por isso o queira tanto
por não saber o que fazer

saiba que algo não mudou
meu interesse em te conhecer
vale muito apena esperar por você

mas não te entender me assusta
e me assusta o quanto o desejo
você tem o seu caminho
e o está seguindo sozinho
e sinto aqui em meu canto
que posso tirar-te o meu encanto
por tanto vontade

vontade de te ver
vontade de te ter
vontade de poder
fazer amor com você

de beijar-te o teu espírito
que é livre e belo
e mesmo que pareça perdido
voa e sabe para onde voar
então lhe darei espaço
que dói em mim esse dar
queria de dar o meu espírito
mas aí eu deixaria de voar

aqui de longe vou vendo
só aquilo que tu quer mostrar
aqui de longe vou torcendo
para que tu se encontra em seu caminhar

e quando tu tiveres de volta
baterei a tua porta
sentarei em sua varanda
atirarei-me em sua temperança
sem medo nem ponderar

por hora
estarei por fora
e mesmo meu espírito livre
não quer quaisquer outros em teu lugar
por hora
estarei por fora
até você me procurar

Nenhum comentário:

Postar um comentário